Kourou e Iles du Salut - Guiana Francesa

Após o descanso merecido saímos para conhecer Kourou, tentamos achar um lugar aberto para comermos pois era Domingo e quase nada estava aberto, pelo menos próximo de onde estávamos. Encontramos um restaurante Chinês, por lá a muitos chineses, com seus comércios, seja de lojas, mercadinho e restaurantes... O fato era que tínhamos acabado de chegar, não tínhamos Euro, era domingo e o banco ou uma casa de cambio não estavam abertos, falamos com o proprietário que não falávamos francês, queríamos comer e pagar com dólares se ele aceitava ? Olhou para nota de 100 dolares com uma cara estranha, disse que não conhecia dólar e não aceitava! Não acreditamos, mas enfim, tentamos nos explicar que pagávamos mais do que realmente valia a comida pois estávamos com fome, depois da nossa travessia oque mais queríamos era sentarmos e comermos um pratão de comida, até porque o Pura Vida não tinha nada de comida a bordo. De repente aparece uma alma boa chamado Jony, percebendo a nossa dificuldade em nos fazer entender, ele se aproxima e adivinhem!? Falava português. Mas não adiantou mesmo com ele intermediando por nós, o Chinês não cedeu disse não venderia o prato de 20,00 euros por 50,00 dolares que deixaríamos lá. O Jony ficou tão furioso, falou para Chinês, vc não vai perder dinheiro algum, vc não tem compaixão olha a criança está com fome! Que compaixão oque, o chinês continuou com sua postura de militar sem se mover! Por fim nosso anjo Jony, abriu sua carteira e tirou tudo oque tinha que dava uns 20,00 euros, nos deu para almoçarmos. E lógico que ele não quis aceitar ficar com nosso dólares. Pessoa de caráter e alma boa é tão bom encontrar pelo caminho. Passado esse episódio, conhecemos um pouco a cidadezinha, bem pequena, de colonização francesa, portanto, bem organizadinha. Mas sem muitas coisas para fazermos, fora a diversão de ir ao Super U, enchermos os armários do Pura Vida de comida boa, muita comidinha francesa, queijos e vinhos em um bom preço. Havia também toda sexta feira uma feira livre de Frutas e Verduras bem próximo de onde estávamos ancorados, então saímos de Kourou abastecidos de tudo, comida, frutas e verduras, A aguá também era grátis. Precisamos também falar das nossa idas diárias ao Bar Des Sports, tinha internet grátis e cerveja bem geladinha, enquanto papai e mamãe tomava uma bebidinha Arthur jogava pebolim. Em Kourou há também Centro Espacial de Kourou é o centro de lançamentos da Agência Espacial Europeia. Pena que tinha acontecido no dia 15 o último lançamento de foguete, senão seria muito legal poder presenciar. Bom nos despedimos de Kourou e fomos a Iles du Salut que fica a 10 milhas da Costa para passarmos o Ano Novo e de lá seguirmos a Tobago, nossa primeira Ilha Caribenha.

Ilhas das Salvação(Iles du Salut) Iles du Salut abrigou um dos mais brutais sistemas carcerários da França no século passado. Para lá, bem longe da metrópole européia, o governo francês mandava seus detentos mais perigosos, que eram submetidos a um regime de trabalho forçado e condições precárias de higiene. As Ilhas da Salvação são formadas por três ilhas. Na Ile Royale ficava a administração dos presídios. Os prisioneiros mesmos “moravam” na Ile Saint-Joseph e na Ile du Diable. O presídio foi desativado em 1953. Ficaram suas ruínas, suas historias, seus fantasmas. Que dá um medinho de entrar la naquelas ruínas dá! rsrsr A prisão abrigou alguns dos mais perigosos e famosos prisioneiros franceses - dentre eles Henri Charrière, o Papillon - e Alfred Dreyfus, vítima de um dos mais célebres erros judiciais da França. Fora a história toda dos presídios, nas Ilhas tem muita beleza natural, muita vegetação, coqueiros... na trilha que fizemos para conhecer o presidio da Ilha Saint Joseph, colhemos manga, coco e até mamão! Uma delicia. Já a ancoragem não estava boa, balaçava muito, não tem uma praia também para que você possa descer e ir ali curtir. Passamos a virada do ano ali, nossos amigos do Veleiro Carapitanga Vivi e Felipe, e o Veleiro Argos Mari e André vieram a bordo curtir o balanço e uma jantinha preparada pelas meninas para nossa confraternização de final de ano...E por fim um brinde a todos nossos amigos do mar e da terra de 2015. Que amanhã começa 2016 e nós já iremos zarpar rumo ao Caribe!


Últimos Posts
Arquivo
Pesquisar por Tags
Sigam-nos
  • Instagram Social Icon
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square

© 2015 Catamarã Pura Vida ao Vento   contato@aovento.com.br